OEIKNA0.jpg

Paulo Marcio Batista, conhecido como “Paulo Batista”, é administrador e empresário na região metropolitana de Campinas/SP.


Cristão, esposo da Karine e pai do Henrique, é militante pela vida, liberdade e propriedade privada.


Pós-Graduado em Direito Registral, Imobiliário e Contratual, formado em administração (CRA SP 149 929),  comunicação (MTE 76736), Marketing (CRA-SP 6000185), Contabilidade (CRC 1SP235319/O-1) e Transações Imobiliárias (CRECI 70631/SP); Possui qualificação profissional para transações de crédito e finanças por meio dos certificados ANEPS e ABECIP CA300.


Em 1999, foi diretor do Diretório Acadêmico da Faculdade de Direito da UNISA (Universidade de Santo Amaro).

 

Foi responsável técnico de pesquisas para nortear ações empresariais e públicas no segmento imobiliário, realizando serviços em mais de 200 municípios pelo país entre os anos de 2000 à 2010.

 

Foi membro atuante na Comissão de Apreciação de Inscrições do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (2010 a 2012), membro da Comissão de Loteamentos do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo na Região Metropolitana de Campinas/SP (2013 a 2014), Delegado municipal em Pedreira/SP do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (2015 a 2018) e atualmente, além de representante do Conselho Regional  dos Administradores do Estado de São Paulo em Valinhos/SP, é Delegado Distrital  do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo, em Campinas/SP, combatendo o crime do colarinho branco e lavagem de dinheiro no seguimento imobiliário. 

 

Autor do personagem “RAIO PRIVATIZADOR”, conseguiu manchete em jornais de 23 países no ano de 2014.

 

Palestrante em negócios imobiliários, é escritor com inúmeros livros e artigos.

QUEM É

PAULO BATISTA?

Sirlei dos Reis é empreendedora e empresária, formada em Educação Física, possui inúmeros cursos na área de gestão, marketing e educação. 

 

Palestrante de temas ligados a educação, ministrou diversas aulas em instituições públicas e privadas.


Moradora de Valinhos, atua profissionalmente na região desde 2012.
Cristã, mãe e voluntária, está dedicada ao trabalho, família e a filantropia.


Coordenadora de projetos e movimentos sociais, foi filiada ao partido NOVO onde conheceu Paulo Batista e juntos desenvolveram atividades para conscientização politica regional.


Em 2019 filiou se ao PATRIOTA e resolveu trabalhar de forma efetiva na mudança da cidade de Valinhos.

QUEM É

SIRLEI

DOS REIS?

 
photo5134160926356908168.jpg
 

PROPOSTAS

COMBATE A CORRUPÇÃO

• Investir na infraestrutura e na equipe necessária para que as licitações/compras sejam feitas pelo Pregão Eletrônico do Portal de Compras do Governo Federal (antigo Comprasnet), acabando com o preço e com as fraudes;

• Seguro anti corrupção, performance bond para toda licitação, garantindo a entrega das obras pra população.

• Selo de DOP Valinhos (Denominação de Origem protegida);

• Programa de manutenção da agricultura familiar de Valinhos, com redução de tributos e incentivo ao turismo rural;

• Feira do produtor orgânico “on line”, todo dia, da roça direto para mesa do consumidor da RMC;

• Reestruturar, incentivar e ampliar as feiras livres da agricultura familiar.

AGRICULTURA

CULTURA, ESPORTE E LAZER

• Fortalecimento de programas que incentivam as práticas esportivas;

• A criação de eventos que disseminem a prática esportiva por todos os Cidadãos Valinhenses;

• Reestruturar os parques esportivos existentes na cidade, e garantir a manutenção e ampliação periódica, bem como incentivando parcerias com a iniciativa privada;

• Realização de patrocínio e incentivo pela prefeitura com parceria da iniciativa privada, a manutenção de esportistas de alto desempenho para competições nacionais e internacionais;

• Parceria com os centros esportivos de apoio na cidade a fim de fortalecer a inserção e desenvolvimento comunitários por meio de atividades esportivas;

• Criação de espaços esportivos adequados para os habitantes com necessidades especiais;

• Incrementar a instalação de academias ao ar livre, as quais deverão receber supervisão de profissionais de Educação Física, para garantir a sua integridade e melhor desempenho;

• Criação e manutenção de praças públicas garantindo acessibilidade e lazer para pessoas e pets.

•Programa de concessões, desestatizações e desinvestimentos;

• Transformar Valinhos em um polo incentivador do empreendedorismo de alta tecnologia, atraindo empresas de alto valor agregado;

• Explorar a localização geográfica e criar estratégica para atrair empresas de tecnologia e inovação;

• Buscar parcerias para a instalação de centros logísticos;

• Favorecer o pequeno e médio empreendedor, com a efetiva implementação de um regime unificado de apuração e recolhimento de tributos, com vistas a sua simplificação e desoneração;

• Desenvolver e incentivar a Gestão Sustentável, motivando a atuação das áreas econômica, social e ambiental;

• Implementar estudos técnicos, com vistas a viabilizar incentivos a empresas que já estão instaladas no município, objetivando a ampliação do número de postos de trabalho;

• Incentivar e ampliar a formação e qualificação de mão-de-obra voltada aos interesses da cidade e sociedade Valinhense;

• Adequação da infraestrutura municipal e criação de distrito industrial possibilitando maior atrativo para novas empresas;

• Estudo para avaliar viabilidade da implementação de uma Zona Econômica de Desenvolvimento e Emprego em Valinhos.

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, EMPREENDEDORISMO E EMPREGABILIDADE

DESENVOLVIMENTO SOCIAL E CIDADANIA

• Fomentar a inclusão ou reinserção social do Cidadão em situação de risco, vulnerabilidades e pobreza;

• Mapear e priorizar a assistência às pessoas com deficiência, garantindo meios de inserção social e redução da situação de dependência;

• Fomentar a capacitação dos agentes de Assistência Social, a fim de se assegurar a melhoria ao atendimento e gestão das políticas públicas específicas;

• Incentivar a participação social, com o fortalecimento de Conselhos Municipais e demais órgãos;

• Promover a erradicação das moradias irregulares e em áreas de risco, com a facilitação da implementação de programas habitacionais em parceria com a iniciativa privada;

• Fortalecer os programas de distribuição de renda e assistência;

• Aprimorar os Centros de Referência de Assistência Social – CRAS;

• Buscar a integração das áreas de Saúde, Educação, Segurança ao Desenvolvimento Social, de forma a ampliar a cobertura assistencial, objetivando a melhora na qualidade dos serviços prestados e na sua efetividade;

• Desenvolver núcleo de estudo e atendimento voltado à primeira infância, através de incentivo privado, a fim de promover proteção, segurança e bom desenvolvimento humano;

• Incentivar o respeito à diversidade humana, combatendo a discriminação e adotando medidas eficazes, reestruturando meios de defesa social e apoio.

• Proposta de criação de escolas cívico-municipais;

• Implantar modelo de gestão baseado em competências e voltado para a melhoria dos resultados de aprendizagem, focado no docente e discente;

• Proposta de criação e implantação de “vouchers estudantis”, como ferramenta de liberdade de escolha educacional;

• Proposta de implementação de tecnologia digital (internet) em todas as escolas públicas municipais;

• Proposta de criação de programa robusto de iniciação esportiva para crianças e adolescentes nas escolas e creches;

• Proposta de implantação metodológica de estimulação precoce, voltada as áreas da cognição, linguagem, atenção, raciocínio lógico, psicomotricidade e identificação de possíveis alterações no curso do desenvolvimento infantil;

• Implantação de uma rede de apoio (profissionais) na educação, visando auxiliar os professores nas demandas de casos especiais, para assim garantir uma inclusão efetiva, reduzindo os impactos negativos na vida emocional desses profissionais e melhorando a qualidade do ensino;

• Implantar progressivamente a educação em tempo integral, com o desenvolvimento de atividades culturais, esportivas e de relacionamento social de forma associada ao projeto pedagógico das escolas;

• Criar e Articular o Sistema Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação com ampla participação das instituições públicas e privadas e com modelo de governança eficaz voltado para resultados;

• Estimulo do ensino do empreendedorismo, educação financeira, sócio - emocional nas estruturas de ensino municipal;

• Elevação do IDEB em todas as escolas municipais;

• Grupo de formação de líderes na educação e na gestão;

• Reestruturação e capacitação dos docentes no ensino de idiomas;

• Avaliar como a cidade pode ajudar na formação de parte das 24 mil vagas abertas em tecnologia todo ano; Plano de Governo - Aliança Patriota por Valinhos Pág 6

• Estudo para reabertura do que seria a Nova Escola do Comércio: faculdade de formação de tecnólogos de Valinhos por iniciativa do terceiro setor e de empresas e associações patrocinadoras.

EDUCAÇÃO

ESTRUTURA INTERNA

• Redução do número de secretarias, visando reduzir custos e aumentar a sinergia de trabalho;

• Proposta de mapeamento dos gastos e adoção de estratégias a fim de melhorar as “entregas” (serviços, propostas, licitações etc.) com redução dos custos;

• Proposta de implantação de “compliance” no poder executivo;

• Redução no número de comissionados, com processo seletivo de profissionais técnicos da iniciativa privada, ou profissionais com experiências comprovadas para compor o quadro de colaboradores;

• Programa de valorização do servidor municipal, com metas bem definidas, investimento em treinamento, respeito de função e meritocracia.

• Fomentar a modernização da gestão municipal;

• Fortalecer os instrumentos de governança (banco de dados);

• Mobilizar recursos: humanos, financeiros e de conhecimento.

GESTÃO DA TECNOLOGIA

HABITAÇÃO

• Desenvolvimento de projetos habitacionais populares em conjunto com a iniciativa privada;

• Projetos para uso de espaços públicos com a construção de moradias pela iniciativa privada para uso rotativo de famílias carentes por prazo indeterminado;

• Criar meios implantação de empreendimentos de interesse social para famílias com renda de zero a três salários mínimos;

• Mapear áreas desocupadas com o objetivo de planejar a sua reocupação por empreendimentos habitacionais de acordo com o perfil imobiliário da região;

• Promover a efetiva participação popular e controle social nos programas e projetos habitacionais social;

• Desburocratizar o processo de aprovação de loteamentos populares, reduzindo custos para o empreendedor e, consequentemente para os futuros moradores.

• Criação de programas efetivos para convivência do idoso;

• Investimento na infraestrutura e capacitação da equipe multidisciplinar, com a implementação de programas voltados a sua inserção sócio-familiar, proteção do Idosos em situação de vulnerabilidade ou dependência de terceiros;

• Formular ações preventivas de promoção e proteção à saúde, objetivando um envelhecimento saudável;

• Tratamento e suporte familiar às doenças degenerativas e outras doenças;

• Reestruturação do atendimento ao idoso nas Unidades Básicas de Saúde com Geriatras e outras especialidades necessárias;

• Reestruturação e melhorias na acessibilidade e mobilidade do idoso com restrições nos transportes coletivos, localidades públicas e urbanas;

• Fortalecer os atendimentos especializados da administração do município nas áreas da Educação, Saúde, Assistência Social, Cultura e Lazer;

• Implementação de programas de aproveitamento do conhecimento, vivência e experiência dos Idosos, que possam ser repassados aos mais jovens;

• Reestruturação de programas de proteção aos Idosos em situação de vulnerabilidade, dependência, discriminação e violação de direitos, com apoio social, psicológico e jurídico;

• Reestruturação de centro de apoio ao jovem, onde serão ofertados os mais diversos programas e projetos inerentes a saúde, educação e segurança;

• Implantar o “Fórum de Orientação Profissional, Empregos e Negócios” para o jovem;

• Estreitar os laços com as Secretarias da Educação, Meio Ambiente, Cultura, Turismo, Saúde e Esporte e outras que desenvolvam projetos nos quais possam contribuir de maneira significativa para a qualidade de vida dos jovens Valinhenses.

IDOSO E JUVENTUDE

INFRAESTRUTURA

• Aeroporto de Viracopos como um eixo de desenvolvimento da cidade;

• Melhorar integração com rodovias e aeroporto de Viracopos;

• Análise e viabilidade para implantação de um “porto seco” no município;

• Nova ferrovia como eixo de desenvolvimento econômico e turístico da cidade (Hopi Hari, Wet’n Wild, Vale das Frutas). Avaliar com comerciantes e empresários quais estruturas complementares precisam ser montadas na cidade para que isso efetivamente ocorra;

• Estudo para o uso de Parcerias público privadas (PPP) para asfaltar toda a cidade;

• Usar recurso das multas de trânsito para efetivamente melhorar a sinalização de trânsito do município.

• Estudo e implementação de estratégias de reposicionamento que transformem o transporte público como a melhor prática para a locomoção;

• Elaboração de um plano cicloviário, com a formatação de parcerias com a iniciativa privada, permitindo a disponibilização / aluguel de bicicletas em pontos estratégicos;

• Formação de um Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, a fim de discutir soluções para novos projetos, atendendo os anseios da população;

• Implantação de um monitoramento do fluxo de veículos, buscando maior fluidez e escoamento;

• Implantação de novas tecnologias para monitoramento e desenvolvimento urbano;

• Identificação dos pontos críticos de conexão entre os bairros e regiões, buscando uma ampla e completa integração entre eles, sem afastar suas características;

• Manutenção da áreas verdes e dos espaços de bem-estar, onde o Cidadão poderá não só aproveitar dos equipamentos públicos, mas valorizar a qualidade de vida.

MOBILIDADE URBANA

SAÚDE

• Proposta de viabilidade de criação de um hospital municipal com parceria com a iniciativa privada;

• Reestruturar as UBSs e Centro de Especialidades;

• Criação do novo sistema municipal de saúde com uso do voucher e exclusividade no atendimento a população Valinhense;

• Estruturar e organizar o acesso ao serviço especializado de forma a garantir o cuidado integral e contínuo;

• Implantar uma política de gestão da informação para atender a necessidade da rede assistencial com um gerenciamento local efetivo;

• Promover a atenção integral à saúde da população Valinhense com ênfase nas áreas de maior vulnerabilidade;

• Reestruturação da estratégia Saúde na Familia (ESF) no município.

• Proposta de implantação de sistema inteligente de monitoramento numa parceria com entre as forças de segurança públicas (federais, estaduais e municipal) e a iniciativa privada;

• Aperfeiçoamento do aparelho estatal de prevenção e repressão à criminalidade e a violência;

• Monitoramento compartilhado (Sistema Vigia) na cidade de Valinhos, objetivando sua total abrangência;

• Desenvolvimento de um plano de carreira para a Guarda Civil Municipal.

SEGURANÇA PÚBLICA

SUSTENTABILIDADE

• Solução para o problema de falta de água: aproveitar o Novo Marco Regulatório do Saneamento, recentemente aprovado, para trazer investimentos e desenvolvimento para o município;

• Aproveitar o bom relacionamento com o governo federal para a implantação do Programa “Lixão Zero” do Governo Federal, que visa atender à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), com o objetivo de eliminar os lixões existentes no país e apoiar os municípios em soluções mais adequadas de destinação final dos resíduos sólidos, como os aterros sanitários;

• Implementação da destinação correta de medicamentos e embalagens pós consumo;

• Estruturação de meios para reciclagem com gestão publico-privada.

• Aproveitar a nova tendência de turismo local e turismo regional para estimular ecoturismo e turismo rural na cidade;

• Trazer eventos científicos, de tecnologia, esportivos e culturais para Valinhos;

• Parceria com o CRA, CRC, CREA , CRECI, OAB etc;

• Planejar e implementar ações no curto, médio e longo prazo, buscando transformar, de fato, o potencial turístico e cultural de Valinhos em realidade com parcerias junto ao setor privado;

• Apoio ao Circuito das Frutas Convention & Visitors Bureau, de maneira a integrar e alavancar o turismo das cidades pertencentes ao Circuito das Frutas, entre elas, Valinhos.

TURISMO

VISÃO DE FUTURO

• Implantar um projeto de conectividade, tendo como objetivo, oferecer acesso a serviços, denuncias, solicitações, e monitoramento por um sistema mobile ao cidadão Valinhense, integrar Valinhos na gestão 5.0;

• Dentro da parceria público privada, reposicionar a cidade para novos projetos sustentáveis digitais;

• Organização, normatização e implementação do polo tecnológico;

• Buscar trazer pra cidade instituições de referência em tecnologia como o Instituto Senai de Inovação e um Campus Tecnológico Univesp – Universidade Virtual do Estado de São Paulo;

• Smart City: melhoria do bem estar do cidadão.com Investimento maciço em tecnologia para automação dos serviços ao cidadão;

• Projeto de Lei “Cidade amiga dos APPs” para garantir que aplicativos/empresas de tecnologia como Uber, 99, iFood, AirBnB serão sempre bem recebidos e não serão tributados como forma de proteger monopólios e oligopólios.

 
 
OEMPWG0.jpg

REDES

SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram